segunda-feira, 16 de março de 2015

Sim, o vento nas asas.



Eu já disse muito não.

A maioria deles foram endereçados a mim mesma.


Eu tenho disso sabe, dizer não pra mim...

Acho que dói menos assim.


Mas difícil mesmo é dizer não pros outros,

Nem sempre eles entendem...

Eles sempre se doem, vitimizam,

Como se o problema fosse deles ou com eles,
Quando na verdade é uma coisa sua!


Diz-se por aí, como se conselho fosse bom:


Seja um incentivador de pessoas!


Ora, atualmente todo o mundo quer ser crítico.

Todo povo sabe julgar.


Engraçado que,

Os que se valem de algum método,

Escolhem os piores possíveis.


Se eu puder te fazer um pedido,

Já que um conselho eu deveria vender,

Seja sim um incentivo, mas a você mesmo.


Ocupe-se de ajudar, respeitar, amar o próximo,

Não por ele, mas por você!


Acredite!  Assim...

Caso você receba um não, ele não vai te doer...


Claro! Você alcançou seu objetivo, fez por si mesmo..


Você reconhece isso!


É o que importa.


Eu uma estranha no ninho, você passarinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário