domingo, 4 de maio de 2014

Estória Musical #1



Todos que vão ao Havaii conhecem Beto, ele é o surfista mais famoso do lugar.
Vive o que tiver que viver...” ele diz. “antes que a vida te leve pro fundo do mar.  Melhor do que se apagar aos poucos é queimar.

Bem, dizia... Quando era jovem. O que não é mais o caso.
    Há dez mil anos Humberto era... Beto, O surfista. Ele pegava altas ondas, viajava o mundo em campeonatos de surf; conhecia muitas culturas, muitas pessoas.

Até que ele conheceu Doryan, e resolveu “segurar a onda”. Foi a melhor coisa que ele fez.

   Hoje ao olhar no espelho ele vê um rosto velho e cansado, um pouco zuado; ao olhar pro lado ele vê a mulher da sua vida, que aos seus olhos fica cada vez mais linda conforme o tempo passa.

   Humberto não realizou todos os seus projetos, e nem poderá mais fazê-lo; não tem mais disposição. Porém não se arrepende nem por um segundo de suas escolhas, ao contrário, fica muito orgulhoso delas quando vê seu filho sendo bem sucedido na vida; a cada visita ele conta um novo progresso.

   Sentado em uma cadeira de balanço lembrando-se de seu passado ele reconhece que não tem mais paciência pra ficar ao sol ardente, por isso ele tem um “barraco do Balacobaco”.

   Olhando para o céu ele agradece aos deuses pela sacanagem que fizeram com ele, por que um cara que foi surfista não gostar mais de sol é muita sacanagem!

Ainda bem que Doryan faz uma ótima limonada...

 “Segura a onda Dorian Gray – Engenheiros do Hawaii.”
 * Esta é uma estória fictícia criada por mim em um momento de loucura. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. MESMO.
-Like on Facebook for more.

Nenhum comentário:

Postar um comentário