quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Itália? Não, França


Victor Hugo foi um novelista, poeta, dramaturgo, ensaísta, artista, estadista e ativista pelos direitos humanos francês de grande atuação política em seu país. É autor de Les Misérables e de Notre-Dame de Paris, entre diversas outras obras.
  • Francês
  • Nome: Victor-Marie Hugo
  • 1802-1886
  • Grande preocupação e participação politica na França
  • Obras:
    • Odes et Poésies Diverses (1822)
    • Han d'Islande (1823)
    • Nouvelles Odes (1824)
    • Bug-Jargal (1826)
    • Odes et Ballades (1826)
    • Cromwell (1827)
    • Les Orientales (1829)
    • Le Dernier jour d'un condamné (1829)
    • Hernani (1830)
    • Notre-Dame de Paris Nossa Senhora de Paris (1831)
    • Marion Delorme (1831)
    • Les Feuilles d'automne
    • Le Roi s'amuse (1832)
    • Lucrèce Borgia (1833)
    • Marie Tudor (1833)
    • Étude sur Mirabeau (1834)
    • Littérature et philosophie mêlées (1834)
    • Claude Gueux (1834)
    • Angelo (1835)
    • Les Chants du crépuscule (1835)
    • Les Voix intérieures (1837)
    • Ruy Blas (1838)
    • Les Rayons et les ombres (1840)
    • Le Rhin (1842)
    • Les Burgraves (1843)
    • Napoléon le Petit (1852)
    • Les Châtiments (1853)
    • Lettres à Louis Bonaparte (1855)
    • Les Contemplations (1856)
    • La Légende des siècles (1859)
    • Les Misérables (1862)
    • William Shakespeare (1864)
    • Les Chansons des rues et des bois (1865)
    • Les Travailleurs de la Mer (1866)
    • Paris-Guide (1867)
    • L'Homme qui rit (1869)
    • L'Année terrible (1872)
    • Quatrevingt-treize (1874)
    • Mes Fils (1874)
    • Actes et paroles - Avant l'exil (1875)
    • Actes et paroles - Pendant l'exil (1875)
    • Actes et paroles - Depuis l'exil (1876)
    • La Légende des Siècles 2e série (1877)
    • L'Art d'être grand-père (1877)
    • Histoire d'un crime - 1re partie (1877)
    • Histoire d'un crime - 2e partie (1878)
    • Le Pape (1878)
    • Vie ou de Mort (1875)
    • Religions et religion (1880)
    • L'Âne (1880)
    • Les Quatre vents de l'esprit (1881)
    • Torquemada (1882)
    • La Légende des siècles - Tome III (1883)
    • L'Archipel de la Manche (1883)
  • Obras Póstumas:
    • Théâtre en liberté (1886)
    • La fin de Satan (1886)
    • Choses vues - 1re série (1887)
    • Toute la lyre (1888)
    • Alpes et Pyrénées (1890)
    • Dieu (1891)
    • France et Belgique (1892)
    • Toute la lyre - nouvelle série (1893)
    • Correspondances - Tome I (1896)
    • Correspondances - Tome II (1898)
    • Les années funestes (1898)
    • Choses vues - 2e série (1900)
    • Post-scriptum de ma vie (1901)
    • Dernière Gerbe (1902)
    • Mille francs de récompense (1934)
    • Océan. Tas de pierres (1942)
    • Pierres (1951)
Ele trabalhou pouco, não rssrsr
Agora, vamos falar de uma das suas obras mais conhecidas que me emocionou essa semana :D
Les Misérables



Pois é, o livro tem 1269 páginas. Acreditem, eu peguei ele e comecei a ler, é simplesmente incrível!! Tentei trazer, mas ...
Depois assisti o filme, que faz jus a fama do autor. Embora muitas pessoas não gostem de musicais, eu particularmente, amei. E não é atoa que recebeu oito indicações ao Oscar.

Uma parte bem triste, mas linda....Muito emocionante, afinal Anne recebeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo papel de Fantine.
Para encerrar, lindamente, deixo como sugestão um lindo poema dele. Feliz Natal!! ;)
Vivendo e aprendendo

Na vida temos muitas surpresas, boas, ruins, inesperadas... Temos que estar preparados para reagir a cada uma delas. Chore, ria, faça careta, pule, dance, cante, corra, viva. Não tenha medo de Viver e ser feliz!
Existem momentos na vida, que podem parecer bobos, que possam parecer comuns para você no enquanto, mas um dia você pode olhar pra traz e diz: esse foi o dia mais feliz de minha vida. "até agora". Por isso, aprecie cada momento na vida, como se fosse único, e especial, com uma pessoa especial.

Não busque a felicidade muito longe, ela pode estar mais perto do que você imagina! Tente apenas ser feliz, faça o que der vontade, não se importe com o que os outros dizem sobre você, porem, tente não dizer nada sobre os outros. Não faça com o próximo o que não quer para si mesmo.

-Victor Hugo

Nenhum comentário:

Postar um comentário