sábado, 14 de dezembro de 2013

Dulce Gosto



A planta café é originária da África, Etiópia, ela era usada na fabricação da bebida de mesmo nome, que algum tempo após veio cair nas graças dos persas e dos árabes, como não poderia deixar de ser, pois, ao organismo de alguns, é uma bebida muito estimulante. (mas não surte o menor efeito em mim... estou só no mundo?).
A partir do comércio com os árabes, o café chega a Constantinopla e logo em seguida a Europa, e assim o, maravilhoso, café ganhou o gosto de milhares de pessoas do Oriente à Europa.
“O povo italiano é um povo apaixonado por café e se orgulham em dizer que eles não inventaram o processo de como fazer a bebida, mas foram eles que aperfeiçoaram a ponto de fazer o melhor cafezinho” - Meridiano.
Para nós, que adoramos essa bebida a Itália é o melhor lugar; são tantas opções de café que um mortal se perderia nesse mundo de maravilhas.

Mas, estou aqui para te salvar ;) vamos conhecer alguns tipos de cafés italianos ?


O mais comum é o café espresso, o que consumimos no Brasil, feito na Maquina e sem leite.   

                                                                                   
      




Tem o Corretto, que é um expresso com uma pequena quantidade de licor ou cachaça.

 




O famoso Macchiato que é um expresso com um uma pequena quantidade de leite quente ou frio ou um pouco de chantili. O leite apenas dá uma maquiada.




Freddo é um café expresso com gelo e açúcar. Normalmente, os produtos são misturados numa coqueteleira.




O Marocchino é o café com um pouco de pó de chocolate em cima. Café + Chocolate = perfeito.



Capuccino é feito de café expresso misturado a 1/3 de leite quente a temperatura máxima de 70 graus e 1/3 de leite espumante na parte superior.



E por ultimo o meu preferido: Capcioc, um cappuccino com mais chocolate que café.



Nenhum comentário:

Postar um comentário